A IHM-Investimentos Habitacionais da Madeira associou-se à ajuda à Ucrânia através da cedência de um espaço a um conjunto de entidades, com sede no Bairro do Hospital e proximidades, que decidiram juntar-se para angariar diversos bens essenciais para serem enviados para aquele país.

O espaço, cedido a título temporário, vai funcionar no antigo cabeleireiro do Bairro do Hospital, sob a coordenação do Centro Luís de Camões, em parceria com a APPDA-Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo da Madeira, a Acreditar, Escola EB1 da Cruz de Carvalho, a EAPN- Rede Europeia Anti Pobreza e a Casa do Povo de São Pedro.

No local, estarão a ser recolhidos diversos bens essenciais como medicamentos, material sanitário, produtos para bebés e grávidas bem como, outros produtos de higiene e bens alimentares.

Por forma a garantir que os bens recolhidos sejam de facto aqueles que são os mais necessários no momento, as entidades responsáveis vão manter o contacto direto com a representante na Região da Associação de Ucranianos de Portugal. O objetivo é que, durante este período, no final de cada semana sejam enviadas as recolhas para o continente português através do protocolo assinado entre a Câmara Municipal do Funchal com a Associação dos Ucranianos em Portugal e a empresa Logislink, do Grupo Sousa.

Para além de contar com o apoio da Junta de Freguesia de São Pedro, na divulgação da iniciativa, os organizadores desta ação esperam também contactar várias empresas e outras entidades para que se juntem e colaborem com esta ação, por forma a tentar abarcar o máximo possível de bens essenciais.

O Conselho de Administração da IHM esteve na última sexta-feira reunido com as entidades envolvidas nesta iniciativa, tendo aproveitado a oportunidade para entregar as chaves do espaço à responsável do Centro Luís de Camões, Rubina Barros.

O presidente do Conselho de Administração, João Pedro Sousa, enalteceu esta iniciativa, que em muito louvou a IHM, nomeadamente pelo facto do espaço para a recolha dos bens ser localizado num bairro social, promovendo-se o espírito de partilha e interagindo entre os próprios moradores.

Todos os interessados em unir-se a esta nobre causa poderão dirigir-se ao Conjunto Habitacional do Hospital, Avenida Luís de Camões, Bloco 11-A, Lojas 1 e 2.