A IHM – Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM celebrou hoje, nas instalações da Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, um protocolo de cooperação entre estas duas Entidades.

Este protocolo vai concretizar-se na disponibilização, por parte da IHM, de um técnico da Direção de Habitação e Inclusão Social deste organismo, para a realização de atendimentos sociais e divulgação de programas de apoio habitacional, nas instalações daquela Junta de Freguesia. O acordo tem como finalidade a melhoria no âmbito da resposta e a proximidade no acompanhamento à população residente nesta freguesia, no que às questões da habitação concerne.

Os atendimentos sociais na Junta de Freguesia terão a periodicidade mensal, nas primeiras quartas-feiras de cada mês, no período da manhã, entre as 09h:30 às 12h:30, estando o seu início previsto já para o próximo dia 6 de abril.

De acordo com o presidente do conselho de administração da IHM, João Pedro Sousa, “este protocolo de cooperação, para além de ir ao encontro da missão da Investimentos Habitacionais da Madeira, que é promover a inclusão social das famílias madeirenses e porto-santenses, é igualmente uma forma de descentralizar os nossos serviços, complementar o nosso trabalho social, e aproximar a população e as próprias entidades governamentais das autarquias locais, organismos fundamentais para que haja uma resposta social mais adequada e integrada.”

Já para o presidente da Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, Pedro Araújo, este protocolo com a IHM, a quem agradece pela “abertura demonstrada”, vai permitir àquela Junta de Freguesia “prestar mais um importante serviço de proximidade aos seus cidadãos residentes, ampliando assim a intervenção do Gabinete Social recentemente criado pela Junta de Freguesia”. Ainda de acordo Pedro Araújo, “a promoção da melhoria das condições habitacionais das famílias é um desígnio comum destas duas entidades, sendo que a Junta e os seus fregueses pretendem, com esta parceria, tirar ainda mais proveito do excelente trabalho que a IHM tem vindo a desenvolver a este nível”.