A IHM – Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM procedeu à entrega de segundas e terceiras tranches de apoios financeiros a famílias de S. Vicente, no âmbito do PRID – Programa de Recuperação de Imóveis Degradados. Os oito agregados familiares receberam cerca de 72 mil euros, de um total de 207 mil euros. Destinam-se a efetuar obras de recuperação e reabilitação das suas habitações degradadas. O apoio concedido pela IHM surge na sequência da intempérie que no passado dia 25 de dezembro de 2020 fustigou as freguesias de Boaventura e Ponta Delgada, do concelho de São Vicente.

Importa destacar que o PRID se destina a famílias com fracos recursos económicos detentoras de uma habitação própria permanente que necessite de obras de beneficiação por se encontrar em situação de degradação ou não reúna as condições condignas de habitabilidade, salubridade e conforto. Este apoio é normalmente concedido sob a forma de empréstimo, sem juros, sendo que, quando é devidamente comprovada a incapacidade económica da família, pode ser a fundo perdido. Pode ir até ao montante máximo de 15 mil euros.

Refira-se que, considerando a imprevisibilidade do acontecimento e os avultados danos causados em muitas habitações, o Governo Regional da Madeira autorizou a atribuição de apoios a fundo perdido e a adequação dos valores a atribuir aos prejuízos verificados em cada agregado familiar.