Programas

No desenvolvimento da sua política social de apoio à habitação na Região, a IHM - Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM, criou e desenvolveu um conjunto de programas de apoio às famílias carenciadas, indo de encontro com as suas especificidades, necessidades e expetativas, que permitiu apoiar no total cerca de 15 mil famílias, ou seja, cerca de 16% das famílias madeirenses (26% da população).

Alguns desses programas encontram-se numa fase de descontinuidade, nomeadamente:

- O Programa de Habitação Económica que foi um importante mecanismo de apoio à aquisição da habitação própria permanente de famílias com alguma capacidade aquisitiva, sendo que estava temporalmente enquadrado na realidade socioecónomica existente. Mais de 1.348 famílias beneficiaram deste programa.

- Através das Cooperativas de Habitação, em que promovendo a construção de habitações a custos controlados, a IHM apoiou o sector cooperativo por forma a satisfazer as famílias carenciadas, mas dotadas de algum poder de compra. Com este incentivo, as cooperativas existentes passaram de 2 para mais de 20, sendo responsáveis por cerca de 2176 fogos.

Para além das diversas alternativas de apoio disponibilizados pela IHM, foi possível através de protocolos de cooperação apoiar a promoção municipal de habitação social, nomeadamente nos concelhos do Funchal, Calheta, Câmara de Lobos, Santa Cruz e Porto-Santo, o que permitiu a construção de cerca de 1.170 fogos destinados a famílias carenciadas desses concelhos.